10 destinos internacionais de viagem para um vegano



Cada vez mais pessoas têm aderido ao veganismo nos últimos tempos. Os veganos não consomem qualquer tipo de produto de origem animal, excluindo de seu dia a dia o leite e seus derivados, ovos, mel, lã, peles, entre outros. Além disso, não consomem nada que tenha sido testado em animais, como xampus.

Se antigamente era difícil para um vegano encontrar um restaurante quando viajava para qualquer lugar, hoje em dia é bastante mais fácil.

A escritora e viajante Elizabeth Warkentin elegeu os 10 melhores destinos para veganos.


1. Turim, Itália


A presidente da Câmara gostaria que Turim se tornasse a primeira cidade vegana oficial da Itália. Chiara Appendino empreende esforços para que as crianças sejam educadas nas escolas para terem uma alimentação saudável e manterem o bem-estar animal. Há mais de 30 restaurantes e cafés que servem refeições veganas e vegetarianas. O turismo de Turim publicou uma lista para ajudar os viajantes veganos a encontrarem locais onde comer.


2. Berlim, Alemanha


Berlim é a nova capital vegana: tem mais de 50 restaurantes, cafés e sorveterias que não servem alimentos de origem animal. A cidade tem mais de 80 mil residentes veganos. Além de conseguirem vários lugares onde comer, os viajantes poderão encontrar roupa e outros produtos veganos. O maior festival de verão vegano acontece em Berlim e atrai mais de 60 mil pessoas.


3. Helsínquia, Finlândia


A nyhtökaura, um substituto da carne que consiste em aveia nórdica e feijão, pode vir a ser o maior produto de exportação da Finlândia. Apesar de os restaurantes exclusivamente veganos ainda serem escassos, em Helsínquia, há vários chefs vegan-friendly e restaurantes vegetarianos que oferecem pratos à base de plantas. A maioria dos cafés usa leite de aveia ou de soja.


4. Tel Aviv, Israel


O veganismo tem crescido bastante nos últimos anos em Tel Aviv. Aliás, em 2014, os soldados do exército exigiram que passasse a haver uma opção vegana no menu da cafeteria. Perto de 5% dos israelitas excluem a carne, os laticínios e os ovos de suas refeições. Israel se tornou, assim, o maior país vegano per capita.


5. Chennai, Índia


Estima-se que cerca de 50% da população indiana seja vegetariana. Apesar de o veganismo ser relativamente recente, há uma tradição vegetariana que perdura há anos. A cozinha do sul da Índia oferece vários pratos veganos, que incluem o arroz, legumes e leite de coco.


6. Melbourne, Austrália


Melbourne sempre foi uma cidade progressiva. O movimento vegano tem se expandido um pouco por toda a cidade. Há pizzarias, cafés especializados em sobremesas e vários restaurantes com refeições exclusivamente veganas.


7. São Francisco, EUA


Graças à sua atmosfera hippie e saudável, São Francisco tem alguns dos melhores e mais inovadores restaurantes que servem comida crua, vegetariana e vegana de todo o mundo. Há restaurantes de comida mexicana, gourmet ou japonesa que servem pratos sem produtos de origem animal.


8. Austin, EUA


É verdade: Austin, no Texas, é uma cidade bastante vegan-friendly. Há muitos restaurantes que servem comida vegana e food trucks que deixam água na boca e sem usar produtos de origem animal.


9. Vancouver, Canadá


Vancouver vem ganhando cada vez mais elogios no mundo vegano. Há lojas onde comprar carteiras, cintos, porta-moedas e até mesmo chocolate sem origem animal. Isso sem falar nos inúmeros restaurantes de chefs reconhecidos.


10. Londres, Reino Unido


O veganismo tem crescido bastante nos últimos tempos em Londres. A delegação norte-americana da associação PETA a selecionou como a cidade vegetarian-friendly do mundo, não só pelos seus mais de 100 restaurantes veganos, vegetarianos e veg-friendly, ​​mas também pela sua grande variedade de pratos étnicos sem carne.


Fotos: Reprodução


Nenhum comentário:

Postar um comentário